terça-feira, 5 de novembro de 2019

Segundo o portal BanzaêNews.com, foi realizada neste sábado  (2 de Novembro) no Sindicato dos Trabalhadores Rurais, a Convenção Municipal do PC do B no município. Neste, o vereador Adriano Souza foi eleito presidente do novo diretório municipal.

O evento contou com as presenças de Daniel Almeida, deputado federal da legenda, prefeita Jailma Dantas (PT), vereadores Roger do Sindicato (PSB) e Fernandes do Campo do Brito (PT), cacique Manoel Cristovam e diversas lideranças.

O vereador recentemente processou um cidadão do município, após ter o seu nome sendo cultivado em "boatos" e "calúnias"


Reprodução  / Banzaê News 

A chegada de Adriano a nova legenda se deu por conta da fusão entre o PPL e o PC DO B, devido à clausura de barreira, com isso a filiação foi automática. Cotado para disputar mais uma reeleição ao cargo que exerce desde 2009, o vereador tem o nome ventilado também para ser o vice na chapa de Jailma.



Segundo o portal disparada, a cláusula de barreira é um instrumento para sufocar partidos pequenos até a morte por falta de condições materiais mínimas de existência. Um partido que não atinge a cláusula de barreira, ou seja, um mínimo percentual eleitoral, perde o direito ao fundo partidário, e a toda estrutura partidária no legislativo, seja administrativa, como gabinete de liderança, assessorias e etc., e até mesmo prerrogativas parlamentares, como o direito de formar blocos partidários, tempos de fala, participar da reunião de líderes, entre outras coisas. Os parlamentares ficam apenas com suas prerrogativas como deputados independentes, é como se o partido não existisse perante os outros partidos.

A política unilateral de Banzaê deu o ponta pé inicial, acompanhe aqui a corrida eleitoral 2020 em Banzaê e todo o interior baiano. 
your advertise here
Next article Next Post
Previous article Previous Post