quarta-feira, 6 de novembro de 2019

A cena não foi exibida na edição ao vivo, mas os assinantes do PlayPlus viram o momento em que a Miss São Paulo fez o desabafo.


A Record rescindiu, nesta quarta-feira (6), contrato de um operador de câmera por chamar Sabrina Paiva, participante do programa A Fazenda, de “macaca”. A informação é do crítico de TV do UOL, Mauricio Stycer, pelo Twitter.
“Falar de racismo no Brasil é mimimi, né? A Record acaba de anunciar que um operador de câmera da #Fazenda11 teve seu contrato rescindido por chamar a Sabrina de ‘macaca’”.
Sabrina Paiva disse, nesta terça-feira, ter sido vítima de racismo dentro da sede de A Fazenda 11 por parte de um funcionário da produção do reality show da Record. Em uma conversa com Hariany Almeida e Andréa Nóbrega, ela relatou ter sido chamada de “macaca” por alguém que estava atrás dos espelhos, onde estão instaladas as câmeras escondidas. A Record afirmou que irá apurar o caso.
A cena não foi exibida na edição ao vivo dessa terça-feira (5), mas os assinantes do PlayPlus viram o momento em que a Miss São Paulo fez o desabafo minutos antes de descer para o galpão e participar da prova do fazendeiro, da qual saiu vitoriosa.
“Eu acho que aquilo foi pra mim. De verdade”, disse Sabrina para Hariany. Neste momento, Andréa entrou no quarto e foi integrada à conversa. “Também acho. Você era a única que estava em pé”, reforçou a ex-BBB.
Com informações do UOL

your advertise here
Next article Next Post
Previous article Previous Post