Após a confirmação de um paciente com o novo coronavírus, morados de Banzaê compartilharam uma suposta conversa entre o ex-vereador e atual Diretor Municipal do Departamento de Esporte e Lazer, Gilmar Alves (Galego), na qual Galego diz ter recebido informações sigilosas da equipe de saúde do município, distribuí ofensas e expõe jovem.

Segundo informações, o paciente teria desrespeitado a quarentena e participado de "festinhas" o que deixou a família indignada.

A família logo se manifestou nas redes sociais:


Amigos e moradores reagiram com os seguintes comentários:

- É muito revoltante mesmo, ao invés de ajudar as pessoas preferem atacar julgar destilar seus venenos e esquece "ki" somos seres humanos quem contrai a covid é uma vítima dessa doença terrível e n o culpado.


- Minha querida, processa esses irresponsáveis por danos morais e pessoais da mole pra eles não. Eles fazem isso porque vc tem coragem de lutar para melhorar sua vida e de sua família.


- Meu Deus, é uma situação difícil e triste! As pessoas tem se tornado cada vez mais desumana, ninguém tem culpa de ficar doente!


Em publicação no facebook, o diretor Gilmar Alves (Galego), se desculpa e então confirma a suposta conversa.

Gilmar Alves e a prefeita Jailma Gama


Gilmar Alves  -  Quero te pedir desculpas a vc Josilene Santos e sua Família e dizer que a secretária de saúde de Banzaê não DIVULGA os nome das pessoas NÃO, só pública os número das pessoas contaminado por Boletim, e a través dos boatos de ruas é que sabemos dos nomes das pessoas por se tratar de uma cidade pequena que todo mundo se conhece. O que aconteceu foi em conversa no PV com Gilson que está em S.P. conterrâneo nossos ele vazou o áudio...

E que momento nenhum a secretária de saúde de Banzaê devulga nomes de pessoas contaminado.

Te peço mil desculpas. Concluiu. 


Em nota publicada no facebook a Secretaria Municipal de Saúde de Banzaê vem a publico informar que desde o inicio da pandemia do Coronavírus, em momento alguma citou os nomes das pessoas que estão ou já foram monitoradas, bem como, a respeito dos casos confirmados ou que deram negativos.

O trabalho vem sendo realizado de maneira sigilosa, respeitando princípios éticos, onde até esta data foram divulgados 51 Boletins informativos, além de três Notas Oficiais de confirmação de casos, e como é de conhecimento de toda população por meio das redes oficiais da Prefeitura, sem citar nomes.

Contudo, fica clara a falta de qualificação dos profissionais do município, a falta de informação dos moradores e a atitude tímida da prefeita em relação a sua equipe. 

Post a Comment

Adicione sua mensagem a todos os comentários aqui!